logomarca

conheca

img01

Era julho de 1996.
Estava com meus filhos e minha esposa, de férias, na praia de Enseada, Santa Catarina, e, como pescador que sou, juntamente com outros companheiros, como já era de costume, fomos pescar. Nessa época era temporada de anchovas, e na semana que permanecemos lá fomos pescar nas ilhas que ficam próximas da costa (ilha da Paz, do Pirata, Pedra da Baleia e Pedra do Lobo).
Foi emocionante! Em três dias de pescaria, embarcamos 92 anchovas, com peso entre 3 a 5 kg. Ao voltarmos para casa comentei com minha esposa:

img02

O que vamos fazer com todo esse peixe?
Ela, rapidamente, falou: Vamos organizar um jantar dançante!
Considerei uma boa sugestão e conversei com alguns amigos que se prontificaram a vender os convites e reunir a galera que há alguns anos não nos encontrávamos.
Para nossa surpresa, o número de pessoas que adquiriram os convites foi imenso, tivemos um público de aproximadamente 300 pessoas e a festa se extendeu até de manhã.
Na chácara, naquela época onde hoje é o Pesk e Pag Bom Pescador além de trabalharmos com gado de leite, porcos, carneiros e plantação de parreiras para fabricação de suco de uva e também alguns litros de vinho, trabalhavamos com produção e venda de alevinos de peixes, vendíamos alevinos de tilápia , carpas e outros. Fazíamos um pouco de tudo...
Passado algumas semanas, as pessoas que participaram do jantar dançante começaram a nos cobrar a realização de outro evento e assim preferimos entre fazer um novo jantar, realizar almoços campestres, servindo carneiro, costela, alcatra e saladas.
Os almoços também deram um bom resultado. As pessoas gostavam de passar o dia na chácara curtindo a natureza. Após almoçarem, saiam para conhecer as dependências e ficavam impressionadas com os peixes no tanque, que até então eram matrizes selecionadas a mais de dez anos, como por exemplo, alguns exemplares de tilápias com até 5,5kg.
E assim, começou o despertar pela pesca. Um grande número de pessoas que vinham para almoçar, nos pediam autorização para pescar nos tanques que tínhamos, o que na época não era permitido até que resolvemos fazer um almoço envolvendo uma competição de que quem pescasse o maior peixe receberia um premio. Foi muito legal e por meio desta atividade nasceu em nossa família a opção de reformarmos alguns ambientes da chácara e assim abrir um pesque e pague.

img03

E aconteceu..., dia 8 de dezembro de 1996, inauguramos o Pesk e Pag Bom Pescador!
De lá para cá sempre procuramos parcerias com criadores idôneos. Investimos em transporte para garantir sempre a procedência de nossos peixes e para dessa maneira melhor satisfazer os nossos clientes.
Estamos há 15 anos nesse ramo, tivemos varias fases, mas a cada uma delas sempre aprendendo e buscando o melhor para todos. Nosso objetivo é fazer com que nosso cliente entre nos ambientes do Pesk e Pag Bom Pescador e sinta paz e tranqüilidade. Buscamos sempre manter peixes que se adaptem ao clima curitibano para que cada cliente ao vir pescar, nunca saia sem peixe. Pode até ser que o pescador não fisgue o peixe que gostaria de pegar, mas sempre haverá uma espécie própria para pesca, considerando nosso clima oscilante.
Outro aspecto que preservamos é trabalharmos com famílias e não só com o pescador. De ano a ano procuramos fazer algo a mais para que pescadores com suas famílias tenham um lazer especial e sintam prazer em estar neste ambiente agradável e aconchegante.

"Momento de Agradecimento...
Agradecemos a todos nossos clientes, fornecedores, funcionários, que hoje fazem parte de nossa família.
Agradecemos por esses anos de convivência, onde nos foi possível ver alguns pescarem seu primeiro peixe, e hoje... trazem seus filhos para que aqui aprendam a arte de pescar.
Um agradecimento especial a Deus, por estar sempre presente em nossos atos, em todo nosso ambiente, e por nos proteger, pois sem Ele não seriamos nada."

Paz e Bem!
Edgard