logomarca

Pacus

Pacus

Pacu é o nome geral dado a várias espécies de peixes caracídeos da subfamília Serrasalminae, que também inclui as piranhas.

São típicos do pantanal sul-matogrossense, dos rios amazônicos e bacia do Prata em geral. Alimenta-se de frutos, caranguejos e de detritos orgânicos encontrados na água. Atinge 25 kg de peso, comum até 8 kg. São praticadas duas formas diferentes de pesca: na vara de bambu, fisgada com frutos (tucum, laranjinha ou genipapo) ou pesca apoitada com isca de caranguejo.

Pacu-Caranha: originário, principalmente, dos rios Paraguai e Paraná, desde Entre Rios (província Argentina) até a represa de Itaipú: Piaractus mesopotamicus = Colossoma mitrei

Pacu-Peba ou Pacu-Prata:Myleus tiete

Tambacu ou Paqui: Híbrido entre Colossoma macropomus e Colossoma mitrei

Tanto o tambaqui, quanto o pacu-caranha e seus híbridos foram introduzido, em diversos rios, como a parte da bacia do rio Paraná no Estado de São Paulo onde só existiam espécies menores de pacu, como o pacu-peba.

No Brasil, essas espécies povoam a maioria dos lagos de pesque-pague e pesca esportiva, devido à sua grande resistência e por serem bem competitivos

 

Temporada de Pesca: Dezembro à Fevereiro